A RELEVÂNCIA DA INOVAÇÃO NA LOGÍSTICA REVERSA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA METALÚRGICA.

Marcos de Oliveira Morais Marcos, Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto Pedro

Resumen


Este artigo analisa, por meio de um estudo de caso em uma empresa metalúrgica de injeção de componentes plásticos, a influência da inovação na implementação da logística reversa na reutilização de sua matéria prima, o impacto financeiro na organização e o auxílio na redução de processos internos. O estudo demonstra que, se bem gerenciada, a integração entre inovação, logística reversa e gestão sustentável na organização torna-se eficiente e eficaz na estratégia implementada, possibilitando reduzir custos dentro da organização e potencializando a competitividade da empresa. Os investimentos necessários para a implementação das ações foram absorvidos em aproximadamente 13 meses conforme apontado no trabalho permitindo também mudanças no processo interno da empresa o que viabilizou a sua implementação.


Palabras clave


Melhoria de desempenho, Sustentabilidade organizacional, Inovação, Cadeia de suprimentos.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


(1) ARBACHE, F. S. Gestão de logística, distribuição e trade marketing. Rio de Janeiro: FGV, 2015.

(2) TIDD, J., BESSANT, J., & PAVITT, K. Managing innovation integrating technological, market and organizational change. John Wiley and Sons Ltd, 2008.

(3) NASCIMENTO, E. P. Trajetória da sustentabilidade: do ambiental ao social, do social ao econômico. Estudos Avançados, 2012, v. 26, n. 74, p: 51-64.

(4) BOWERSOX, Donald J.; CLOSS, David J. Gestão logística da cadeia de suprimentos. Porto Alegre: AMGH, 2014.

(5) BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: logística empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2009.

(6) SANTOS, Erica Moreira dos. Análise da efetividade da avaliação de desempenho logístico: estudo de caso numa loja virtual de vestuário. In: ENEGEP, 2015, Fortaleza. Enegep, 2015, p: 0 - 16.

(7) SEURING, S. Supply Chain Management for sustainable products – insights from research applying mixed methodologies. Business Strategy and the Environment. 2011, v. 20, p: 471–484.

(8) PAGELL, M., & Wu, Z. Building a more complete theory of sustainable supply chain management using case studies of 10 exemplars. Journal of Supply Chain Management., 2009, V. 45(2), p: 37–56.

(9) SCHIEDERIG T, TIETZE F & HERSTATT C. Green innovation in technology and innovation management – an exploratory literature review. R&D Management, 2012, v. 42 (2), p: 180 – 192.

(10) LEITE, P. R. Logística Reversa: Meio ambiente e competitividade (2ª ed.). São Paulo: Pearson Prentice Hall. 2009. ISBN 978-85-7605-365-1

(11) COUNCIL OF SUPPLY CHAIN MANAGEMENT PROFESSIONALS (CSCMP). Supply chain and logistics terms and glossary, 2015.

(12) STOCK, R. Reverse Logistics. Council of Logistics Management. Oak Brook, Illinois. 1998.

(13) CHENG, Y-H.; LEE, F. Outsourcing reverse logistics of high-tech manufacturing firms by using a systematic decision-making approach: TFT-LCD sector in Taiwan. Industrial Marketing Management, 2010, v. 39, p: 32-47.

(14) LEITE, P. B. Logística reversa: meio ambiente e competitividade. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

(15) HOCH, P. A. A obsolescência programada e os impactos ambientais causados pelo lixo eletrônico: o consumo sustentável e a educação ambiental como alternativas. Seminário Nacional Demandas Sociais e Políticas Públicas na Sociedade Contemporânea, 2016.

(16) TRIGO, A. G. M.; ANTUNES, T. R.; BALTER R. S. Uma visão Sustentável dos resíduos eletroeletrônicos de aparelhos de celular. IV Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental, Salvador/BA, 25 a 28 set. 2013. Disponível em: http://www.ibeas.org.br/congresso/Trabalhos2013/VII-032.pdf Acesso em: mar. 2018.

(17) PEREIRA, P. L. Logística reversa na Mercedes-Benz – Juiz de Fora Evolução e Oportunidade. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado a Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Juiz de Fora, MG, 2010.

(18) SILVA, M. E. da ; ZEN, A. C. O contexto base da inovação rumo à transição para a sustentabilidade: um ensaio sob uma perspectiva complexa. Gestão & Sustentabilidade Ambiental, Florianópolis, mar. 2015, v. 3, n. 2, p: 61-86.

(19) KLEWITZ, J., & HANSEN, E. G.. Sustainability-oriented innovation of SMEs: A systematic review. Journal of Cleaner Production,2014, v. 65, p: 57-75.

(20) PEREIRA, A. L. Logística Reversa e Sustentabilidade. São Paulo: Cengage Learnung, 2014.

(21) MCGINNIS, M. A.; KOHN, J. W.; SPILLAN, J. E. A longitudinal study of logistics strategy: 1990-2008. Journal of Business Logistics, 2010, v. 31, n. 1, p: 217-235.

(22) DAUGHERTY, P. J. Review of logistics and supply chain relationship literature and suggested research agenda. International Journal of Physical Distribution & Logistics Management, 2011, v. 41, n. 1: p. 16-31.

(23) OLIVEIRA, D. R. S. B. Logística e inovação: estudo comparativo dos canais de distribuição e o papel da inovação logística para um pequeno e um grande produtor de uva de mesa da Região do Vale do São Francisco. 92 f. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de Pernambuco, 2012.

(24) PIAZZA, César Augusto Della et al. A logistica reversa e suas contribuições ambientais. Fórum Ambiental Da Alta Paulista. Trabalho Acadêmico / 2007, Vol.III.

(25) VAZ, C. R., & Selig, P. M. Maturity Assessment Model of Intellectual Capital for Manufacturing Organization. IEEE Latin America Transactions, 2016, v. 14(1), p: 206-219.

(26) COSTA NETO, P. L. O. e CANUTO, S. A. – Administração com Qualidade – Conhecimentos necessários para a gestão moderna. São Paulo: Blucher, 2010.

(27) BAGNO, R. B. Inovação como uma nova função organizacional: caracterização a partir da experiência de empresas industriais de grande porte no Brasil. 2014. 200 p. Tese (Doutorado) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014.

(28) CHRISTOPHER, Martin. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimento. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

(29) CRESWELL, J.W. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. 3ª Ed. –Porto Alegre: Penso, 2014.

(30) GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. - 4. ed. - São Paulo: Atlas, 2007.

(31) YIN, R. K. Estudo de Caso-: Planejamento e Métodos. Bookman editora, 2015.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Iberoamerican Journal of Project Management (IJoPM). ISSN 2346-9161(Online). www.ijopm.org. Correo: journal.ijopm@gmail.com.

Recomendamos utilizar el navegador Google Chrome. Recomendamos o uso do navegador Google Chrome. Recommend using the Google Chrome browser.